sábado, 31 de janeiro de 2015

Ter um rosto mais bonito é tudo de bom



Elas trabalham, estudam, namoram, são alegres, vaidosas e tem orgulho de dizer sua idade.
A “Dove” realizou uma pesquisa entrevistando  mais de mil mulheres com idades entre 50 e 60 anos em nove países, como: Brasil, Estados Unidos, Canadá, México, Reino Unido, Itália, Alemanha e Japão.
Os dados coletados no Brasil é muito interessante revelaram:
. 92% das entrevistadas acreditam que está na hora da sociedade mudar sua visão sobre as mulheres e sobre o envelhecimento;
. 97% acham que a mídia e a propaganda precisam representar imagens mais realistas de mulheres de mais de 50;
. 95% acreditam que as gerações passadas de mulheres acima de 50 não faziam o que as mulheres fazem hoje.
Chegar a terceira idade não significa mais encerrar planos, não ter expectativas, como antigamente. Esta visão tem mudado nos últimos anos principalmente para ala feminina. Nunca se viu tamanha participação de mulheres em faculdades, debates e atividades de recreação, como nesta etapa da vida. Isto significa que elas estão descobrindo novos valores, procurando viver intensamente, participando ativamente de atividades procurando viver intensamente em todas suas atividades escolhida.
Com tantas ocupações, os cuidados com a beleza e a boa aparência não diminuem na terceira idade, se intensificam com toda certeza.
A mulher na terceira idade está mais consciente de sua importância social e aproveita essa autonomia para cultivar uma boa imagem. São mulheres que compreendem bem a passagem do tempo e sabem que jamais voltarão a ter uma aparência de 20 anos. Elas estão dispostas a melhorar o visual sem radicalismo, pois valorizam a sua própria história de vida. Têm filhos independentes, são economicamente ativas ou aposentadas com condições de viajar e aproveitar o melhor da vida.
Com o avanço da idade, é preciso compreender que a pele perde a capacidade de reter água e de manter o equilíbrio da produção de fibras do colágeno e elastina, segundo os especialistas. Além disso, os vasos sanguíneos passam a ter mais dificuldade para eliminar as toxinas do organismo, nutri e oxigenar as células da epiderme. Fatores externos como estresse, fumo, excesso de exposição ao sol, poluição, consumo intendo de álcool e uma dieta pobre em vitaminas, proteínas e fibras também têm influência nesse processo.
Apesar da passagem de tempo ser um processo natural é possível tornar o processo de envelhecimento mais suave e menos traumático, Para diminuir o impacto do envelhecimento extrínseco,  ou cronológico, pode ser combatido com a adoção de uma dietas saudável e de outros hábitos de vida saudável.

A vida é isso.
Beijinhos até mais



Nenhum comentário:

Postar um comentário